Carregando

Aguarde, processando!

Blog

Amarone, o gigante do Vêneto

Amarone, o gigante do Vêneto

25/04/2017

Marcelo Copello

Mundo do Vinho

2125 Visitas

O Vêneto é a região italiana que mais produz vinhos. Localizada ao norte da Itália, suas principais cidades são Verona, Vicenza, Padova e Veneza, sua bela capital. 

Continuar Lendo
O que é um “vinho gastronômico”?

O que é um “vinho gastronômico”?

07/02/2017

Marcelo Copello

Mundo do Vinho

2338 Visitas

Por coincidência, em um mesmo dia, duas experiências opostas que me fizeram rever conceitos. Almocei com Giacomo Neri, produtor dos excepcionais de Brunellos di Montalcino Casanova di Nero, que foram harmonizados com ótimas carnes no Giuseppe Grill. Em minhas anotações sobre os Brunellos vi um comentário que uso com freqüência, descrevendo este tinto italiano como um “vinho gastronômico”. Mas o que é um “vinho gastronômico”? Existe tal categoria? Logo, existem vinhos não gastronômicos?

Continuar Lendo
Friuli, paraíso italiano dos brancos

Friuli, paraíso italiano dos brancos

24/11/2016

Marcelo Copello

Mundo do Vinho

1612 Visitas

O Friuli é a melhor região de vinhos brancos da Itália. Este pequeno pedaço de terra no extremo norte da bota, encravada entre a Áustria, Eslovênia e o mar Adriático, oferece em suas uvas e vinhos uma feliz mescla de influencias francesas, eslavas e germânicas.

Estive lá visitando a DOC Isonzo e degustei ótimos caldos. São brancos (60% da produção) e tintos com uma elegante combinação de peso, frescor e longevidade, sem os excessos de alcool ou carvalho que ninguém aguenta mais.

Continuar Lendo
Châteauneuf-du-Pape, sinfonia de uvas

Châteauneuf-du-Pape, sinfonia de uvas

28/04/2016

Marcelo Copello

Mundo do Vinho

2382 Visitas

Quem degusta um CdP tem muitos "Papas na língua". Desculpando-me pela frase cretina, lembro que Felipe IV, o Belo, (1268-1314) rei da França, ao ser excomungado pelo papa italiano Bonifácio VIII, mandou

prendê-lo e em seu lugar colocou um conterrâneo seu. Bertrand de Goth, arcebispo de Bordeaux, calçou as sandálias do pescador em 1305 com o nome de Clemente V e foi o primeiro dos chamados "papas do vinho". O novo pontífice transferiu, em 1309, a corte de Roma para Avignon, no sul da França, onde a sede do papado manteve-se por quase 70 anos, episódio conhecido como "cativeiro babilônico de Avignon". Fundador em Bordeaux de um vinhedo que leva seu nome, o Château Pape Clement, o sumo pontífice faleceu em 1314 por ingerir esmeraldas em pó, seguindo prescrições médicas.

Continuar Lendo
Chianti, um gigante renovado

Chianti, um gigante renovado

16/03/2016

Marcelo Copello

Mundo do Vinho

2037 Visitas

Michelangelo, Da Vinci, Caruso, Colombo, Fellini, Galileo, Marco Polo, Garibaldi, Americo Vespúcio, Verdi, Dante Alighieri, São Tomás de Aquino, Marcello Mastroianni, Sophia Loren, Vittorio Emmanuele, Ferrari... e Chianti. A lista dos personagens italianos mais famosos da história pode ser bem mais longa, mas não estaria completa sem um vinho e este vinho teria que ser o Chianti.

Continuar Lendo
Chianti Classico, 500 vinhos em prova

Chianti Classico, 500 vinhos em prova

11/03/2016

Marcelo Copello

Itália

2656 Visitas

Quanto nos convidam para um aniversário de 300 anos a gente não falta. O vinho italiano mais famoso do mundo, cujas fronteiras foram demarcadas em 1716, apagou 300 velinhas em uma recente celebração em Florença-Itália. O evento fez parte do Anteprima Toscana, semana de lançamentos das novas safras dos vinhos da mais glamurosa região italiana, berço do Renascimento.

Continuar Lendo