Carregando

Aguarde, processando!

Consumo de vinho cresce no isolamento – veja os números

Consumo de vinho cresce no isolamento – veja os números

26/03/2020

Marcelo Copello

Brasil

606 Visitas

O vinho tem sido um grande aliado da população confinada, os números comprovam

Por Marcelo Copello

O novo Corona Vírus está destruindo a economia mundial e a indústria do vinho não ficou de fora. Em um triste momento em que restaurantes, bares e lojas estão sendo fechados aos milhares, em todo o mundo o e-commerce parece ser a luz no fim do túnel.

Segundo a assessoria da plataforma MyCashBack, que suporta empresas como Americanas, Ricardo Eletro, Carrefour, Fastshop, Casas Bahia, Saraiva e Extra, enquanto lojas físicas fecham o e-commerce alça voo.

Segundo dados reunidos pela MyCashBack, a plataforma já registrou em março crescimento de 200% do tráfego e em pedidos, em comparação com o mesmo período de 2019, bem como um aumento de 60% em relação ao mês anterior.

O vinho, claro, vem junto e se destaca no mundo entre os produtos mais comprados on-line nesta crise.

Nos Estados Unidos, maior mercado mundial para quase tudo, as vendas de vinho on-line dispararam. Segundo o site The Drinking Business as bebidas em geral empinaram suas vendas e nestas o vinho foi o campeão. Na semana de terminada em 14 de março as vendas aumentaram 27,6% nos vinhos, 26,4% nos destilados e 14% nas cervejas. As embalagens maiores, como bag-in-box de três litros, cresceram mais, 53%. Os vinhos em lata, partindo de uma base menor, cresceram vertiginosos 95%!

Segundo a revista alemã Meiningers Wine Business International, o site norte-americano wine.com teve suas vendas dobradas na semana passada e triplicadas durante fim de semana.

A Meiningers também relata que no Reino Unido, a rede Majetic Wine teve seu site travado, tamanho o tráfego de vendas, com aumento de 44% nos vinhos italianos e 68% nos franceses.

Nossos vizinhos argentinos também parecem ter entrado nesta onda. Embora existam com poucas fontes com números, o site www.iprofesional.com relata que a Bodegas Bianchi teve suas vendas on-line incrementadas em 50% nos últimos dias, oferendo frete grátis para todo o país.

O país europeu mais afetado pelo vírus, a Itália, registrou a maior alta nas vendas on-line de vinhos. A Meiningers mostra o crescimento das vendas no site Winelivery em algumas cidades: Roma 240%, Milão 230%, Bergamo 220% e Florença 190%. Importante fato é que o volume aumentou junto com o valor gasto por garrafa. Será que um sentimento apocalíptico afetou os italianos.

No Brasil há muitos poucos números disponíveis. Segundo Adriano Miolo, diretor-superintendente da vinícola Miolo, as vendas on-line estão estáveis. Para Adilson Carvalhal Júnior, presidente da Associação Brasileira de Exportadores e Importadores de Alimentos e Bebidas (ABBA), “o momento é muito ruim”, já que os restaurantes são um dos principais canais de vendas para os vinhos importados.

Para o off-trade, contudo, nas grandes redes varejistas, o momento é positivo. Segundo Carlos Cabral consultor do Grupo Pão de Áçucar, “o mercado está forte, estamos vendendo muito”. Embora sem números oficiais, Cabral afirma que as metas do grupo para vendas de vinho foram batidas e que as vendas estão maiores se comparadas ao mesmo período do ano passado.

ALERTA. O problema pode vir em seguida, já que a reposição dos estoques não será fácil. O dólar está nas alturas, o fim da ST em São Paulo pode trazer aumentos e, desde origem, a velocidade de reposição dos estoques pode ser afetada.

Só me resta sugerir: aproveite para comprar agora que a maioria das lojas de vinho está com frete grátis, promoções e com preço ainda não majorado. Tente transformar seu confinamento em momentos agradáveis com a família e consuma vinho com moderação.

Quem já abriu um vinho neste isolamento que atire a primeira rolha!

Valeu pela visita! Volte sempre e deixe seu comentário. Aproveite para curtir minha página no Facebook e minhas postagens no Instagram.

Marcelo Copello

Marcelo Copello


Marcelo Copello é um dos principais formadores de opinião da indústria do vinho no Brasil, com expressiva carreira internacional. Eleito “O MAIS INFLUENTE JORNALISTA DE VINHOS DO BRASIL” pela revista Meininger´s Wine Business International, e “Personalidade do Vinho” 2011 e 2013 pelo site Enoeventos.

Curador do RIO WINE AND FOOD FESTIVAL, e Publisher do Anuário Vinhos do Brasil, colaborador de diversos veículos de imprensa, colunista da revista Veja Rio online. Professor da FGV, apresentador de rádio e TV, jurado em concursos internacionais de vinho, como o International Wine Challenge (Londres). Copello tem 6 livros publicados, em português, espanhol e inglês, vencedor do prêmio Gourmand World Cookbook Award 2009 em Paris e indicado ao prêmio Jabuti.

Especialista no mercado e nos negócios do vinhos, fazendo palestras no Brasil e no exterior, em eventos como a London Wine Fair (Londres). Copello é hoje um dos palestrantes mais requisitados. Para saber mais sobre as palestras e serviços de Copello clique AQUI

  

Contato: contato@marcelocopello.com