Carregando

Aguarde, processando!

Resultado da Busca

TAG: europa

Foram encontrados 7 resultados para sua busca. Divividos em:

Para cada pai, um vinho!

Para cada pai, um vinho!

03/08/2015

Marcelo Copello

Brasil

1250 Visitas

Pai é família, e nada mais família do que vinho, especialmente se for um vinho de país cristão, pois há nestes uma longa tradição de vinho sempre à mesa e em família. Vinho liga o homem à terra. Os antigos romanos incentivavam os povos bárbaros conquistados a cultivar a vinha, pois esta planta perene requer cuidado permanente, obrigando os povos nômades a se fixar em um local. Se quisermos ver por outro ângulo, podemos dizer que os vinhos fizeram pais guerreiros viajarem menos para guerrear e ficar mais com suas famílias. Nada mais justo então que comemorar o dia do pai (sempre um guerreiro) com vinho!

Continuar Lendo
Os 50 Melhores Vinhos da Vida (até agora)

Os 50 Melhores Vinhos da Vida (até agora)

14/12/2015

Marcelo Copello

Mundo do Vinho

10859 Visitas

A pergunta é recorrente. Acredito que todo profissional do vinho se depare com ela ao dobrar a esquina. Qual o melhor vinho que você já provou? A resposta é difícil, senão impossível. Mesmo uma lista dos cem ou ou dos mil melhores da vida não seria fácil. Proponho-me aqui a responder finalmente esta pergunta.

Continuar Lendo
Vinho e Café. Grandes Paixões.

Vinho e Café. Grandes Paixões.

17/08/2015

Marcelo Copello

Outras bebidas

1039 Visitas

Sabe o que muitos bebiam no café da manhã na Europa até o século XVII? Vinho. E no trabalho, sabe o que bebiam? Vinho. Em alguns casos estes hábitos seguiram até o início do século XX, ou quem sabe até hoje.

O café só chegou à Europa no século XVII, vindo do oriente médio, e era chamado de “vinho da Arábia”. Não é de hoje então a comparação entre minhas duas bebidas prediletas.

Continuar Lendo
Um vinho de 1888, o Vin des Glaciers

Um vinho de 1888, o Vin des Glaciers

13/12/2018

Marcelo Copello

Mundo do Vinho

1111 Visitas

Todo enófilo tem um quê de explorador e arqueólogo à la Indiana Jones. Em vez de procurar sarcófagos e fósseis em tumbas e cavernas, exploramos lojas, feiras, leilões e caves em busca de raridades, espécies extintas e elos perdidos na história do paladar.

Continuar Lendo