Carregando

Aguarde, processando!

Sassicaia, TODAS as safras, desde 1968

Sassicaia, TODAS as safras, desde 1968

21/07/2019

Marcelo Copello

Mundo do Vinho

11560 Visitas

Por Marcelo Copello

Um dos muitos aspactos do vinho que mais me fascinam é a possibilidade de literalmente podermos degustar o passado. Provas verticais são a melhor e mais prazerosa maneira de colocar a história do vinho em perspectiva.

Esta prova de Sassicaia, com todas as suas 44 safras existentes até o momento foi um privilégio proporcionado por seus proprietariios, que abriram sua coleção particular para celebrar com um seleto grupo de 16 jornalistas de todo o mundo (lista ao final). O evento aconteceu em Roma 27 de outubro como parte das celebrações dos 30 anos do guia de vinhos mais importante da Itália, o Gambero Rosso.

Como nasceu o Sassicaia

Nos anos 1920 o Marquês Mario Incisa della Rocchetta sonhava em criar um vinho seu e sua referência era Bordeaux. Um tio seu, Leopoldo, já havia experimentado a produção de Pinot Noir no norte da Itália e ela estava convencido que a Cabernet seria o ideal na Tenuta San Guido, propriedade da família em Bolgheri, na costa Toscana. Ele viu no solo pedregoso de Bolgheri uma afinidade com os solos de cacalho da região de Graves, em Bordeaux, onde é feito o famoso Château Haut Brion. O nome do vinho é alusivo: a palavra italiana sassi significa “pedras”, e Sassicaia seria o “terreno pedregoso”. As vinhas foram plantadas em 1944 e entre 1947 e 1967 Sassicaia foi um vinho feito estritamente para consuma da família. Na entrevista que Priscilla Incisa della Rocchetta me deu (veja a seguir) ela diz se lembrar de beberem sempre Sassicaia no Natal – era o vinho da casa, e que vinho!

Convencido por amigos e família, incluindo o primo Marquês Antinori, Mario lançou em 1970 a primeira safra de Sassicaia ao Mercado, a safra 1968. Em paralelo a produção se profissionalizou, com uso de temperatura controlada na fermentação e adega, inox, barricas novas etc. O vinho foi recebido com entusiásmo e repulsa, já que um Cabernet Sauvignon na terra da Sangiovese significava uma ruptura radical, que abriu caminho para uma verdadeira revolução na enologia italiana. Se você já ouviu a alcunha “Supertoscano”, saiba que o Sassicaiva é o pai deles todos.

O terroir do Sassicaia se forma através de uma grande influência maritima (a apenas cerca de 10km do mar), solo pedregoso com rico em argila com grande conteúdo de calcário, altutudes de cerca de 300m, vinhedos cercados por florestas que amenizam o clima mesmo em anos quentes. A vinicifação é simples e cuidadosa e o amadurecimento é em madeira parcialmente nova, por cerca de 24 meses.

Vejam a entrevista com Priscilla Incisa della Rocchetta feita durante a prova

A prova

Tendo provado todas as suas safras posso definer o estilo do O Sassicaia como um vinho sempre elegante e gastronômico, feito para guarda, com taninos sempre muito finos, nunca verdes ou agressivos, com madeira jamais protagonista, primando pelo equilíbrio, complexidade com um caráter mediterrâneo e frescor quase salino.

Após esta rara prova posso dizer que o Sassicaia precisa de 10-15 anos para entrar no apogeu e 20-25 para atingir a maturidade. As safras entre 2013-2001 era crianças, entre 2000-1992 adolescentes, entre 1991-1980 adultos, e 1979-1968 velhihos (alguns deles cheios de vitalidade). Vejamos minhas notas de prova:

Sassicaia 2013, Tenuta San Guido, Toscana, Itália.

85% Cabernet Sauvignon e 15% Cabernet Franc, com 24 meses em barricas, 13,5% de álcool. Rubi não muito escuro. Aroma de boa intensidade, complexo, muitas especiarias da madeira, fruta limpa, bem definida, chocolate, terra. Paladar ainda muito jovem, taninos bem presentes, secos, sérios, cheios de finesse, construído para durar.

Nota: 94

Sassicaia 2012, Tenuta San Guido, Toscana, Itália.

85% Cabernet Sauvignon e 15% Cabernet Franc, com 24 meses em barricas, 13,5% de álcool. Rubi granada quase escuro. Aroma mais fechado e mais vegetal e com menos especiarias que o 2013, mais concentrado no nariz e boca, seco longo, austero, cheio de finesse.

Nota: 95

Sassicaia 2011, Tenuta San Guido, Toscana, Itália.

85% Cabernet Sauvignon e 15% Cabernet Franc, com 24 meses em barricas, 13,5% de álcool. Granada escuro. Aroma intenso, vegetal, musgo, azeitona preta, terra, madeira de boa qualidade, tostados, fruta madura, folhas secas, Paladar estruturado, taninos finos e presentes, seco, longo, firme e cheio de finesse.

Nota: 96

Sassicaia 2010, Tenuta San Guido, Toscana, Itália.

85% Cabernet Sauvignon e 15% Cabernet Franc, com 24 meses em barricas, 13,5% de álcool. Granada quase escuro. Aroma de boa intensidade, mas mais delicado e extremamente elegante, mineral, fruta bem definida, Paladar estruturado, concentrado, agudo e mineral, grande finsse, ótima acidez, taninos secos e finos, adorei.

Nota: 98

Sassicaia 2009, Tenuta San Guido, Toscana, Itália.

85% Cabernet Sauvignon e 15% Cabernet Franc, com 24 meses em barricas, 14% de álcool. Granada escuro. Aroma rico, madeira nova aparece, muitas especiarias, fruta madura, musgo, defumados, quase salgado. Paladar estruturado com bons taninos, finos, mais gordo, um ano mais generoso e mais facil de beber na juventude. Um grande Sassicaia.

Nota: 98

Sassicaia 2008, Tenuta San Guido, Toscana, Itália.

85% Cabernet Sauvignon e 15% Cabernet Franc, com 24 meses em barricas, 13,5% de álcool. Granada escuro, com reflexos já com primeiros traços alaranjados. Aroma bem aberto e generoso, rico, muitas especiarias, fruta madura, azeitona, musgo, madeira aparece bem integrada. Paladar encorpado, largo, taninos finos, ainda presentes mas quase prontos, boa acidez, delicioso, entrando em uma boa janela de consumo.

Nota: 95

Sassicaia 2007, Tenuta San Guido, Toscana, Itália.

85% Cabernet Sauvignon e 15% Cabernet Franc, com 24 meses em barricas, 13,5% de álcool. Granada escuro. Encanta no nariz, pelo finesse, em um estilo que lembra mais o 2010 que o 2008,  com muita elegância, mineral, vegetal, com notas de azeitona, terra molhada, funghi. Paladar firme, agudo, mais vertical que horizontal, com taninos secantes, sério, austero, para guarda, cheio de finesse e potencial.

Nota: 97

Sassicaia 2006, Tenuta San Guido, Toscana, Itália.

85% Cabernet Sauvignon e 15% Cabernet Franc, com 24 meses em barricas, 13,5% de álcool. Granada bastante escuro. Aroma intenso, elegante, mineral terroso, especiarias, tabaco, frutas secas, nozes. Paladar bastante seco, firme, estruturado, longo, gastronômico.

Nota: 95

Sassicaia 2005, Tenuta San Guido, Toscana, Itália.

85% Cabernet Sauvignon e 15% Cabernet Franc, com 24 meses em barricas, 13,5% de álcool. Granda escuro. Aroma rico, generoso, aberto, com muita fruta e especiarias. Paladar seco, estruturado, taninos firmes e presentes, ainda deve crescer bastante, grande vinho, para guarda.

Nota: 95

Sassicaia 2004, Tenuta San Guido, Toscana, Itália.

85% Cabernet Sauvignon e 15% Cabernet Franc, com 24 meses em barricas, 13,5% de álcool. Granada escuro alaranjado. Aroma com muita especiaria, frutas secas, defumados, nota de lavanda. Paladar seco, firme, bons taninos, não muito longo, já pronto.

Nota: 93

Sassicaia 2003, Tenuta San Guido, Toscana, Itália.

85% Cabernet Sauvignon e 15% Cabernet Franc, com 24 meses em barricas, 14% de álcool. Granada escuro. Aroma encantador, cheio de frescor para um ano tão quente, perfumado, com nota de lavanda, especiarias, mineral, azeitona, terra, amoras, alcaçuz . Paladar de bom corpo, tannos finos, já entrando em uma boa janela para consumo, delicioso e gatronomico.

Nota: 93

Sassicaia 2002, Tenuta San Guido, Toscana, Itália.

85% Cabernet Sauvignon e 15% Cabernet Franc, com 24 meses em barricas, 13,5% de álcool. Granada alaranjado. Aroma complexo e já com notas e evolução, couro, pelica, chá, balsâmicos, flores e frutas secas. Paladar de médio corpo, taninos finos, longo, bom resultado para um ano dificil, pronto, delicioso para beber agora, mas abaixo do nível de qualidade que se espera do Sassicaia.

Nota: 88

Sassicaia 2001, Tenuta San Guido, Toscana, Itália.

85% Cabernet Sauvignon e 15% Cabernet Franc, com 24 meses em barricas, 13,5% de álcool. De uma garrafa magnum. Granada alaranjado escuro. Nariz intenso e elegante, bem mais jovial que o 2002, flores secas, couro, menta, especiarias, flores secas, fundo mineral. Paladar estruturado por taninos finos, secos, acidez muito boa, ótimo agora ou para mais uma década de guarda.

Nota: 95

Sassicaia 2000, Tenuta San Guido, Toscana, Itália.

85% Cabernet Sauvignon e 15% Cabernet Franc, com 22 meses em barricas francesas 1/3 novas, 13,5% de álcool. Granada escuro alaranjado. Nariz menos exuberante que o 2001, mais concentrado e frutado, notas de chocolate. Paladar encorpado sem exageros, frutado, taninos mais macios, largo e longo.

Nota: 91

Sassicaia 1999, Tenuta San Guido, Toscana, Itália.

85% Cabernet Sauvignon e 15% Cabernet Franc, com 23 meses em barricas francesas 40% novas, 13% de álcool. Granada escuro alaranjado. Aroma não muito intenso, mas muito elegante, vegetal, azeitonas, mineral terroso, musgo, especiarias picantes, balsâmicos. Paladar de bom corpo, taninos prontos mas ainda firmes, finos, conjunto elegante e equilibrado.

Nota: 94

Sassicaia 1998, Tenuta San Guido, Toscana, Itália.

85% Cabernet Sauvignon e 15% Cabernet Franc, com 23 meses em barricas francesas 40% novas, 13% de álcool. Granda escuro alajandado. Aroma rico aberto, complexo, couro, terra, fruta madura, especiarias, ameixas, tabaco. Paladar encorpado, macio, taninos finos firmes e prontos, longo, delicioso para beber agora ou ainda para guarda, um grande Sassicaia.

Nota: 97

Sassicaia 1997, Tenuta San Guido, Toscana, Itália.

85% Cabernet Sauvignon e 15% Cabernet Franc, com 24 meses em barricas, 13% de álcool. Granada escuro alaranjado. Aroma elegante, mineral e vegetal, tabaco, couro, flores secas, especiarias. Paladar de bom corpo, taninos finos, prontos, grande equilíbrio, pronto, conjunto sensacional, longuíssimo, delicios.

Nota: 93

Sassicaia 1996, Tenuta San Guido, Toscana, Itália.

85% Cabernet Sauvignon e 15% Cabernet Franc, com 22 meses em barricas francesas 50% novas, 12,5% de álcool. Granada alaranjado entre claro e escuro. Aroma elegante e  já com evolução, notas de couro, pele de salame, chá, folhas secas. Paladar de médio corpo, tanios finos já resolvidos, equilibrado, não muito longo.

Nota: 91

Sassicaia 1995, Tenuta San Guido, Toscana, Itália.

85% Cabernet Sauvignon e 15% Cabernet Franc, com 24 meses em barricas, 12% de álcool. Granada alaranjado entre claro e escuro. Aroma elegante, evoluido, não muito intenso, couro, madeiras, cedro, sandalo, tabaco. Paladar de médio corpo, seco e gastronomico, elegante, pronto, não deve evoluir mais.

Nota: 90

Sassicaia 1994, Tenuta San Guido, Toscana, Itália.

85% Cabernet Sauvignon e 15% Cabernet Franc, com 24 meses em barricas, 12% de álcool. Granada alaranjado entre claro e escuro. Nariz delicado e bastante evoluido, com notas de remédio, iodo, pelica, cereja sotto spirito, Paladar de médio corpo, nota de amargor no fim de boca.

Nota: 87

Sassicaia 1993, Tenuta San Guido, Toscana, Itália.

85% Cabernet Sauvignon e 15% Cabernet Franc, com 21 meses em barricas francesas 1/3 novas, 12% de álcool. Granada alaranjado entre claro e escuro. Aroma elegante, mineral, vegetal, com notas de evolução, chá preto, flore secas couro. Paladar firme, com taninos ainda presentes, longo, com boa acidez.

Nota: 92

Sassicaia 1992, Tenuta San Guido, Toscana, Itália.

85% Cabernet Sauvignon e 15% Cabernet Franc, com 24 meses em barricas francesas 60% novas, 12,5% de álcool. Granada alaranjado entre claro e escuro. Aroma com nota balsâmica mentolada, frutas secas, couro. Paladar medio corpo, não tão integrado e equilibrado como os demais Sassicaias, uma safra menor, beber já.

Nota: 87

Sassicaia 1991, Tenuta San Guido, Toscana, Itália.

85% Cabernet Sauvignon e 15% Cabernet Franc, com 23 meses em barricas, 12,5% de álcool. Granada alaranjado entre claro e escuro. Aroma com bastante madeira na frente, muita especiaria doce, fruta madura. Paladar de medio corpo, cai um pouco no meio de boca, um pouco curto.

Nota: 86

Sassicaia 1990, Tenuta San Guido, Toscana, Itália.

85% Cabernet Sauvignon e 15% Cabernet Franc, com 24 meses em barricas, 12,5% de álcool. Granada alaranjado escuro. Aroma rico e intenso, madeira nova na frente, especiarias, fruta madura, lavanda, terra. Paladar encorpado, muitos taninos, longo, estilo moderno, no auge. Um grande Sassicaia.

Nota: 94

Sassicaia 1989, Tenuta San Guido, Toscana, Itália

85% Cabernet Sauvignon e 15% Cabernet Franc, com 20 meses em barricas francesas 40% novas, 12,5% de álcool. Granada alaranjado quase escuro. Aroma intens e elegante, mineral, especiado, Paladar seco, sério, taninos ainda presentes, média persistência.

Nota: 89

Sassicaia 1988, Tenuta San Guido, Toscana, Itália.

85% Cabernet Sauvignon e 15% Cabernet Franc, com 22 meses em barricas, 12,5% de álcool. Granada alaranjado  escuro. Aroma intensa, com muito café, chocolate e tostados, bastante madeira,  e elegante, mineral, especiado, abriu muito na taça. Paladar seco, sério, longo, poderoso, está no auge, ainda com frescor, grande vinho, talvez o maior dos Sassicaias.

Nota: 100

Sassicaia 1987, Tenuta San Guido, Toscana, Itália.

85% Cabernet Sauvignon e 15% Cabernet Franc, com 21 meses em barricas 40% novas (80% francesas e 20% Iuguslavas), 12,5% de álcool. Granada alaranjado escuro. Aroma de boa intensidade, rico, com fruta madura, madeira, especiarias, cogumelos, alcaçuz. Paladar seco, bom volume de taninos, concentrado, um pouco curto e seco no fim de boca.

Nota: 87

Sassicaia 1986, Tenuta San Guido, Toscana, Itália.

85% Cabernet Sauvignon e 15% Cabernet Franc, com 21 meses em barricas 40% novas (80% francesas e 20% Iuguslavas), 12,5% de álcool. Granada alaranjado escurto. Aroma intenso, balsamico, vegetal, mineral terroso. Paladar encorpado, macio, equilibrado, delicioso, em um ótimo momento.

Nota: 95

Sassicaia 1985, Tenuta San Guido, Toscana, Itália.

85% Cabernet Sauvignon e 15% Cabernet Franc, com 21 meses em barricas 65% novas (40% francesas e 60% Iuguslavas), 13% de álcool. Granada escuro. Aroma rico, complexo, especiarias, frutas maduras, mineral terroso, balsâmicos. Paladar muito concentrado, encorpado, profundo, taninos finos, prontos, equilibrado, estilo um pouco novo mundo, gordo, delicioso, em estilo diferente do clássico Sassicaia, ainda assim um enorme vinho, ainda jovem.

Nota: 99

Sassicaia 1984, Tenuta San Guido, Toscana, Itália.

85% Cabernet Sauvignon e 15% Cabernet Franc, com 21 meses em barricas 60% novas (75% francesas e 25% Iuguslavas), 12,5% de álcool. Granda quase escuro, alarajnado. Aroma intenso de café, Paladar um pouco magro no meio de boa, curto.

Nota: 85

Sassicaia 1983, Tenuta San Guido, Toscana, Itália

85% Cabernet Sauvignon e 15% Cabernet Franc, com 22 meses em barricas 70% francesas(75% novas) e 30% Iuguslavas (1/3 novas), 12,5% de álcool. Granada alaranjado entre claro e escuro. Aroma de musgo, café, couro, Paladar seco, austero, um pouco magro no meio de boca, ainda assim com estilo e elegancia.

Nota: 91

Sassicaia 1982, Tenuta San Guido, Toscana, Itália.

85% Cabernet Sauvignon e 15% Cabernet Franc, com 21 meses em barricas 75% francesas (65% novas) e 25% Iuguslavas usadas, 12,5% de álcool. Granada escuro, Aroma intenso e rico, ainda com muito frescor, mineral, balsâmico, tostados, ameixas, chocoalte. Paladar estrturado e bem proporcionado, conjunto coeso de taninos, acidez,

equilibrado e longo, grande vinho!

Nota: 96

Sassicaia 1981, Tenuta San Guido, Toscana, Itália.

85% Cabernet Sauvignon e 15% Cabernet Franc, com 19 meses em barricas 75% francesas e 25% Iuguslavas, 12,5% de álcool. Granada escuro. Aroma rico e intenso, especiarias, madeira, fruta, mineral terroso, balsâmicos, Na boca já sente um pouco a idade, seco, media intensidade, taninos finos e presentes. Nota: 90

Sassicaia 1980, Tenuta San Guido, Toscana, Itália.

85% Cabernet Sauvignon e 15% Cabernet Franc, com 20 meses em barricas 75% francesas (65% novas) e 25% Iuguslavas usadas, 12% de álcool. Granada entre claro e escuro, bastante evoluido na cor, com borras. Aroma intenso, expressivo, mais jovial do que a cor indica embora com boa evolução, flores secas, balsamicos, especiarias, tabaco, couro, alcaçuz. Paladar de medio corpo, taninos prontos, ainda firme e equilibrado, estilo elegante, longo, belo vinho maduro.

Nota: 91

Sassicaia 1979, Tenuta San Guido, Toscana, Itália.

85% Cabernet Sauvignon e 15% Cabernet Franc, com 21 meses em barricas 75% francesas e 25% Iuguslavas, 12,2% de álcool. Granada entre claro e escuro, bastante evoluido na cor, com borras. Aroma delicado, elegante, evoluído, nota quimica, pelica, frutas secas. Paladar de medio corpo, já maduro, taninos resolvidos, já mais curto, decaindo com dignidade.

Nota: 87

Sassicaia 1978, Tenuta San Guido, Toscana, Itália.

85% Cabernet Sauvignon e 15% Cabernet Franc, com 22 meses em barricas 60% francesas e 40% Iuguslavas, 12,6% de álcool. Granada escuro alaranjado. Aroma intenso, rico, mas não muito limpo, com bastante evolução e tambem bastante concentrado. Paladar denso, taninos volumosos, maduro.

Nota: 89

Sassicaia 1977, Tenuta San Guido, Toscana, Itália.

85% Cabernet Sauvignon e 15% Cabernet Franc, com 22 meses em barricas 60% francesas e 40% Iuguslavas, 12,8% de álcool. Granada escuro alaranjado. Aroma intenso e limpo, elegante, frutas secas, couro, especiarias. Paladar de bom corpo, macio, pronto, bem integrado e equilibrado, belo vinho maduro.

Nota: 92

Sassicaia 1976, Tenuta San Guido, Toscana, Itália.

85% Cabernet Sauvignon e 15% Cabernet Franc, com 18 meses em barricas de carvalho da Eslavônia, 12,5% de álcool. Granada alaranjado entre claro e escuro. Aroma pouco expressivo, com evolução. Paladar macio e agradável, gostoso mas já bem evluido e pouco expressivo.

Nota: 86

Sassicaia 1975, Tenuta San Guido, Toscana, Itália.

85% Cabernet Sauvignon e 15% Cabernet Franc, com cerca de 18 meses em barricas de carvalho da Eslavônia, França e Iuguslávia, 12,5% de álcool. Granada alaranjado entre claro e escuro. Aroma de boa intensidade, elegante, frutas maduras, Paladar de bom corpo, pronto, equilibrado, secando um pouco no fim de boca, maduro.

Nota: 90

Sassicaia 1974, Tenuta San Guido, Toscana, Itália.

85% Cabernet Sauvignon e 15% Cabernet Franc, com cerca de 18 meses em barricas de carvalho da França, Eslavônia e Iuguslávia, 12,5% de álcool. Alaranjado, entre claro e escuro. Aroma muito evoluido, quimoco, cogumelos, trufas, animais, couro, decadente.

Nota: 80

Sassicaia 1972, Tenuta San Guido, Toscana, Itália.

85% Cabernet Sauvignon e 15% Cabernet Franc, 85% do vinho passou cerca de 18 meses em carvalho 85% da Eslavônia e 15% da França, 12,5% de álcool. Granada quase escuro, alaranjado. Aroma evoluido e elegante, especiarias, couro, madeiras aromaticas. Paladar macio, equilibrado, bom vinho maduro.

Nota: 87

Sassicaia 1971, Tenuta San Guido, Toscana, Itália.

85% Cabernet Sauvignon e 15% Cabernet Franc, 85% do vinho passou cerca de 18 meses em carvalho 85% da Eslavônia e 15% da França, 12,5% de álcool. Granada escuro alaranjado. Aroma intenso e muito balsâmico, ainda com frescor, couro, especiarias. Paladar de medio corpo, macio, já curto, decaindo com dignidade e dando prazer.

Nota: 88

Sassicaia 1970, Tenuta San Guido, Toscana, Itália.

85% Cabernet Sauvignon e 15% Cabernet Franc, com 18 meses em carvalho da Eslavônia, 12,5% de álcool. Granada escuro, aroma animal intenso, chocolate, couro, evolução. Paladar encorpado, com boa extração, longo, não é muito elegante, mas bem interessante e potente, uma boa safra mas talvez uma má garrafa, já decaindo.

Nota: 82

Sassicaia 1968, Tenuta San Guido, Toscana, Itália.

85% Cabernet Sauvignon e 15% Cabernet Franc, com cerca de 18 meses em barricas da Eslavônia, 13,5% de álcool. Alaranjado escuro, Aroma intenso rico, complexo, com notas de couro, cacau amargo, caramelo. Paladar denso, macio, equilibrado, longo. Além de histórico, é um viho maravilhoso, o melhor dos Sassicaias dos anos 60-70, e desde esta 1a safra comercial já se pode ser o DNA do estilo Sassicaia, preservado ao longo das 44 safras provadas hoje.

Nota: 96

DEGUSTADORES

    1      Monica Larner, Wine Advocate (EUA)

    2      Kerin O’ Keefe, Wine Enthusiast  (EUA)

    3      Serena Sutcliffe, Master of Wine, diretora da Sotheby’s (Inglarerra)

    4      Dmitry Fedotov, diretor da União dos Vitivinicultores da Rússia

    5      Winifred Bowman, Cape Wine Master, Platter Wine Guide (África do Sul)

    6      Yumi tanabi  Sakura Women’s Wine Awards (Japão)

    7      Andreas Larsson Melhor Sommelier do Mundo 2007 (Suécia)

    8      Madeleine Stenwreth, Master of Wine (Suécia)

    9      Thierry Dessauve, Guia Bettane Dessauve  (França)

    10    Thomas Prange Barcynsky, diretor da revista Wino (Polônia)

    11    Veronika Crecelius, editora do Wienr Wirtschaft    (Alemanha)

    12    Jane Anson,  Decanter, Writer of the Year 2016 (Inglarerra)

    13     Ella Lister, World of Fine Wine e Wine Lister (Inglarerra)

    14     Marcelo Copello (Brasil)

Além de Marco Sabellico, Eleonora Guerini, Gianni Fabrizio, editores do Gambero Rosso

Marcelo Copello

Marcelo Copello


Marcelo Copello é um dos principais formadores de opinião da indústria do vinho no Brasil, com expressiva carreira internacional. Eleito “O MAIS INFLUENTE JORNALISTA DE VINHOS DO BRASIL” pela revista Meininger´s Wine Business International, e “Personalidade do Vinho” 2011 e 2013 pelo site Enoeventos.

Curador do RIO WINE AND FOOD FESTIVAL, e Publisher do Anuário Vinhos do Brasil, colaborador de diversos veículos de imprensa, colunista da revista Veja Rio online. Professor da FGV, apresentador de rádio e TV, jurado em concursos internacionais de vinho, como o International Wine Challenge (Londres). Copello tem 6 livros publicados, em português, espanhol e inglês, vencedor do prêmio Gourmand World Cookbook Award 2009 em Paris e indicado ao prêmio Jabuti.

Especialista no mercado e nos negócios do vinhos, fazendo palestras no Brasil e no exterior, em eventos como a London Wine Fair (Londres). Copello é hoje um dos palestrantes mais requisitados. Para saber mais sobre as palestras e serviços de Copello clique AQUI

  

Contato: contato@marcelocopello.com