Carregando

Aguarde, processando!

O vinho é uma bebida popular ou não?  Ou Se Cinema fosse Vinho

O vinho é uma bebida popular ou não? Ou Se Cinema fosse Vinho

29/09/2017

Marcelo Copello

Mundo do Vinho

1755 Visitas

Por Marcelo Copello

O vinho é uma bebida popular? Sim e não. Depende da cultura do país e do vinho do qual estamos falando. Um vinho de preço acessível e gosto fácil, certamente será popular nos países consumidores tradicionais e tem potencial para chegar a isso em países como o Brasil, onde o vinho está conquistando a condição de bebida para todos e para todas as ocasiões.

Vinho no entanto nem sempre é popular, pois sua produção é sempre

Limitada, tornando alguns raridades ou com status obra de arte.

Comparemos o vinho com uma outra arte, o cinema.

Um filme, bom ou ruim, famoso ou desconhecido, seja “cinema de arte” ou mero entretenimento, terá, para o expectador um mesmo custo para que seja visto, em uma sala de cinema, TV, DVD etc. Independente do filme o preço será o mesmo.

No vinho isso é bem diferente. Vou citar um exemplo famoso e extremo, o Romanée-Conti. Este tinto da Borgonha é líder em muitos rankings de “melhor vinho do mundo”. Dele são feitas apenas cerca de 5 mil garrafas ao ano (e não há como fazer mais pois o vinhedo é minúsculo), e cada garrafa custa não menos que 5 mil euros, se você conseguir achar para comprar.

Vamos transpor esta realidade ao cinema, usando famoso filme clássico, Cidadão Kane - igualmente líder em muitos rankings de “melhor filme de todos os tempos". Esta obra prima de Orson Welles, de 1941, está disponível gratuitamente no Youtube, ou em diversas midias a baixo custo.

Imagine se Cidadão Kane fosse tão escasso e caro quanto o Romanée-Conti. Neste caso Cidadão Kane seria um filme quase secreto, como é o grande vinho citado.

Seria possível então uma conserva deste tipo entre cinéfilos

- Meu filme predileto é Star Wars, já devo ter visto umas cem vezes!

- Ah, bom mesmo é Cidadão Kane, isso sim e que é filme, incomparável! E já consegui ver duas vezes!

- Pois é, não posso falar pois nunca vi Cidadão Kane. É muito caro! Mas já ouvi falar muito, é meu sonho de consumo! Se algum dia eu ficar rico…

Infelizmente não tem um NETFLIX de vinho...

Marcelo Copello

Marcelo Copello


Marcelo Copello é um dos principais formadores de opinião da indústria do vinho no Brasil, com expressiva carreira internacional. Eleito “O MAIS INFLUENTE JORNALISTA DE VINHOS DO BRASIL” pela revista Meininger´s Wine Business International, e “Personalidade do Vinho” 2011 e 2013 pelo site Enoeventos.

Curador do RIO WINE AND FOOD FESTIVAL, e Publisher do Anuário Vinhos do Brasil, colaborador de diversos veículos de imprensa, colunista da revista Veja Rio online. Professor da FGV, apresentador de rádio e TV, jurado em concursos internacionais de vinho, como o International Wine Challenge (Londres). Copello tem 6 livros publicados, em português, espanhol e inglês, vencedor do prêmio Gourmand World Cookbook Award 2009 em Paris e indicado ao prêmio Jabuti.

Especialista no mercado e nos negócios do vinhos, fazendo palestras no Brasil e no exterior, em eventos como a London Wine Fair (Londres). Copello é hoje um dos palestrantes mais requisitados. Para saber mais sobre as palestras e serviços de Copello clique AQUI

  

Contato: contato@marcelocopello.com