Carregando

Aguarde, processando!

Navegar é preciso

Navegar é preciso

11/02/2017

Marcelo Copello

Mundo do Vinho

1237 Visitas

Nos tempos das grandes navegações portuguesas suas caravelas rodavam o mundo comercializando todo o tipo de produto, incluindo o vinho. Era comum barricas de Moscatel de Setúbal, um vinho doce natural, viajassem e, mas como nem todas eram vendidas, algumas retornavam à terrinha. Para a surpresa geral, aquele vinho que havia chacoalhado em barricas no calor, sol e maresia, estava melhor do que quando havia embarcado. Estas barricas que retornavam de viagem foram batizadas de “torna-viagem” e tornaram-se lenda.

Quando o Brasil comemorou seu aniversário de 500 anos em 2000 a marinha portuguesa enviou o veleiro Sagres para participar das comemorações em sua antiga colônia. A empresa José Maria da Fonseca enviou a bordo seis barris, cada um com 600 litros de Moscatel da safra de 1984. Quando o veleiro voltou a Portugal após seis meses de viagens pelas Américas, cada barrica tinha apenas 550 litros (o restante evaporou).

Eu tive a sorte de ser uma das únicas pessoas a degustar este néctar. Em 2004, época em que eu apresentava um programa de TV, visitei esta vinícola e fizeram comigo ao mesmo tempo uma honraria e um teste. Serviram-me às cegas duas taças, uma com o Moscatel Torna Viagem e outra com um Moscatel Testemunha (o mesmo vinho de uma barrica que não fez o périplo). A diferença era evidente, o Torna Viagem era mais escuro, mais doce, mais complexo  e com aromas de maresia, uma maravilha. Tudo isso foi filmado, vejam:

A empresa ainda não engarrafou o Torna Viagem e não tem pressa em fazê-lo, afinal os moscatéis de Setúbal são vinhos que vivem muitas décadas ou mesmo mais de um século. Se e quando um dia esta raridade chegar ao mercado corra e garanta sua garrafa.

.

Marcelo Copello

Marcelo Copello


Marcelo Copello é um dos principais formadores de opinião da indústria do vinho no Brasil, com expressiva carreira internacional. Eleito “O MAIS INFLUENTE JORNALISTA DE VINHOS DO BRASIL” pela revista Meininger´s Wine Business International, e “Personalidade do Vinho” 2011 e 2013 pelo site Enoeventos.

Curador do RIO WINE AND FOOD FESTIVAL, e Publisher do Anuário Vinhos do Brasil, colaborador de diversos veículos de imprensa, colunista da revista Veja Rio online. Professor da FGV, apresentador de rádio e TV, jurado em concursos internacionais de vinho, como o International Wine Challenge (Londres). Copello tem 6 livros publicados, em português, espanhol e inglês, vencedor do prêmio Gourmand World Cookbook Award 2009 em Paris e indicado ao prêmio Jabuti.

Especialista no mercado e nos negócios do vinhos, fazendo palestras no Brasil e no exterior, em eventos como a London Wine Fair (Londres). Copello é hoje um dos palestrantes mais requisitados. Para saber mais sobre as palestras e serviços de Copello clique AQUI

  

Contato: contato@marcelocopello.com