Carregando

Aguarde, processando!

LA ROMANÉE, o menor Grand Cru da França

LA ROMANÉE, o menor Grand Cru da França

24/11/2017

Marcelo Copello

Mundo do Vinho

1900 Visitas

Por Marcelo Copello

Antes de começarmos, aviso não se tratar do La Romanée-Conti, seu vizinho mais famoso, mas menos raro. Tive o privilégio de provar o La Romanée 1962 (e por isso escrevo este artigo), fato pelo qual agradeço aos que me proporcionaram e compartilharam comigo este momento.

O La Romanée é o menor Grand Cru e menor AOC de toda a França, com 0,84 hectares e hoje um monopole pertencente a família Liger-Belair (proprietário do Chateau de Vosne-Romanée), com producao anual media de apenas 3.600 garrafas.

O vinhedo “nasceu” depois que o a família Liger-Belair comprou 6 parcelas entre 1815 e 1826 de um vinhedo que era chamado de “Aux Echanges”, que foi declarado Monopole (vinhedo de um único dono) em 1927.

Liger-Belair alega que até 1760 este seria um vinhedo único, unido ao La Romanee-Conti, até o príncipe de Conti comprar uma parcela. A Domaine de La Romanée-Conti contesta o fato e diz que nunca foram o mesmo vinhedo, e o La Romanée e o Romanée-St-Vivant teriam se apropriado do nome do vizinho mais famoso.

O vinhedo foi arrasado pela Phylloxera no final do século XIX e replantado no início do século XX. Por motivo de mortes da família Liger-Belair e desinteresse de seus descendestes, entre 1947 e 2001 o vinhedo foi “terceirizado”, sendo administrado pela família Forey. Parcelas de vinhos eram vendidos a múltiplos negociantes e vendidos com diversos rótulos, incluindo “Domaine de La Romanée” (que existiu até 1969, feito pelo negociante Bouchard). Em 1976 uma mulher da família Liger-Belair casou com um Bouchard, o que iniciu uma relação entre as famílias que durou até 2001

Certamente o o período “de ouro” deste vinho até hoje foram nas safras em que a Maison Leroy comprou lotes (sempre os melhores) de suas uvas. Entre 1950 e 1962 Henri Leroy teve exclusividade na compra de vinhos, elevage e comercialização. Henri e sua filha Marcelle (apelidada de Lalou, que começou a trabalhar na Maison em 1955) faziam (e ela ainda faz) uma rigorosa seleção e um trabalho primoroso em todo o processo.

Desde 2002 a família Liger-Belair retomou o controle do vinhedo e da vinificação. Entre 2002 e 2005 Liger-Belair e Bouchard dividiam os vinhos e faziam o elevage em separado. Desde 2006 Liger-Balair rotomou a exclusivade total deste vinho, e segundo os críticos a qualidade desde então vem subindo.

Das safras antigas as mais reputadas são: 1865, 1908, 1911, 1947, 1951, 1957, 1962, 1966, 1967 e 1978

Este La Romanée Grand Cru 1962, Maison Leroy agora provado tinha cor clara em tons granada-alaranjados. Aroma etéreo, intenso e sedutor, com grande finesse, floral, delicado, com notas de tabaco, flores secas, cereja passa, musgo, cogumelos, couro, cedro, ervas e algo balsâmico. Paladar com textura macia, saboroso, com taninos sedosos, profundo, longo. Maduro e ainda perfeito, não deve evoluir mais. Muito persistente, com elegância suprema.

Nota: 98 pontos

Marcelo Copello

Marcelo Copello


Marcelo Copello é um dos principais formadores de opinião da indústria do vinho no Brasil, com expressiva carreira internacional. Eleito “O MAIS INFLUENTE JORNALISTA DE VINHOS DO BRASIL” pela revista Meininger´s Wine Business International, e “Personalidade do Vinho” 2011 e 2013 pelo site Enoeventos.

Curador do RIO WINE AND FOOD FESTIVAL, e Publisher do Anuário Vinhos do Brasil, colaborador de diversos veículos de imprensa, colunista da revista Veja Rio online. Professor da FGV, apresentador de rádio e TV, jurado em concursos internacionais de vinho, como o International Wine Challenge (Londres). Copello tem 6 livros publicados, em português, espanhol e inglês, vencedor do prêmio Gourmand World Cookbook Award 2009 em Paris e indicado ao prêmio Jabuti.

Especialista no mercado e nos negócios do vinhos, fazendo palestras no Brasil e no exterior, em eventos como a London Wine Fair (Londres). Copello é hoje um dos palestrantes mais requisitados. Para saber mais sobre as palestras e serviços de Copello clique AQUI

  

Contato: contato@marcelocopello.com