Carregando

Aguarde, processando!

Alheiras, o chouriço judeu

Alheiras, o chouriço judeu

05/07/2017

Marcelo Copello

Mundo do Vinho

1667 Visitas

Por Marcelo Copello (trecho do livro Os Sabores do Douro e do Minho, Editora Senac-SP)

“Uma alheira,

Com a pele fendida;

Tostada do calor da fritura,

A derreter aquele unto doirado

E rescendente a olho

- quem haverá ali,

senhores

que não se tente?”

Manuel Mendes

As alheiras, também conhecidas como “chouriço judeu”, foram inventadas pelos cristãos novos, judeus convertidos ao cristianismo, para escapar da inquisição.

Como a religião judaica os impedia de comer carne de porco, estes cristãos, pouco convictos da sua conversão, poderiam ser facilmente identificáveis pelos seus perseguidores caso evitasse a carne de porco. Assim, como uma artimanha para salvar a própria pele eles faziam sim e comiam muitos enchidos, mas substituíam a carne de porco por outras carnes, principalmente de caça, como a perdiz, mas também vitela, peru, pato, galinha e coelho. A carne era envolvida por uma massa de pão que ganhar consistência semelhante à carne de porco. Daí, se algum cristao-velho fosse bisbilhotar a mesa do ex-judeu, iria encontrar falsos chouriços e não achava motivo de denuncia ao Tirbunal do Santo Oficio. A receita popularizou-se e muitas vezes leva carne de pouco

A alheira é um enchido em formato de ferradura, cilíndrico, em que a tripa de vaca ou porco é recheada com uma pasta fina, feita de vários tipos de carne desfiadas, pão e outros temperos. Geralmente são fritas em azeite e servidas com legumes cozidos. Mas também podem ser estufadas, depois de envolvidas em couve lombarda.

Marcelo Copello

Marcelo Copello


Marcelo Copello é um dos principais formadores de opinião da indústria do vinho no Brasil, com expressiva carreira internacional. Eleito “O MAIS INFLUENTE JORNALISTA DE VINHOS DO BRASIL” pela revista Meininger´s Wine Business International, e “Personalidade do Vinho” 2011 e 2013 pelo site Enoeventos.

Curador do RIO WINE AND FOOD FESTIVAL, e Publisher do Anuário Vinhos do Brasil, colaborador de diversos veículos de imprensa, colunista da revista Veja Rio online. Professor da FGV, apresentador de rádio e TV, jurado em concursos internacionais de vinho, como o International Wine Challenge (Londres). Copello tem 6 livros publicados, em português, espanhol e inglês, vencedor do prêmio Gourmand World Cookbook Award 2009 em Paris e indicado ao prêmio Jabuti.

Especialista no mercado e nos negócios do vinhos, fazendo palestras no Brasil e no exterior, em eventos como a London Wine Fair (Londres). Copello é hoje um dos palestrantes mais requisitados. Para saber mais sobre as palestras e serviços de Copello clique AQUI

  

Contato: contato@marcelocopello.com